Emagrecimento

Seu cérebro: Vilão ou aliado no emagrecimento?

Durante muito tempo acreditou-se que para emagrecer era necessário fazer uma dieta e associá-la com exercícios físicos. Essa ideia não estava errada, porém ela atua nos sintomas da obesidade, ou seja, ela não atua na real raiz do problema em emagrecer.

O que estou dizendo não é nenhuma novidade para a ciência, há muitos anos atuando na Terapia Cognitivo Comportamental, sabemos que não é só isso o necessário para emagrecer de forma saudável. Há um componente chave que faz a pessoa emagrecer e também engordar. Sabe qual é?

Seu Cérebro

É ele o responsável pelo seu emagrecimento e inclusive pela sua dificuldade em emagrecer. Aí está a razão de fazer terapia para mudar o seu cérebro, ou seja, a forma como você pensa. Assim como ele durante muitos anos foi programado, digamos assim, resultando em uma relação disfuncional com o alimento, ele também pode ser reprogramado para ter uma nova relação com a alimentação, porém não como um vilão, mas como um grande aliado nesse processo.

Já parou para pensar em:

  • Quantas vezes você estava com o estomago cheio e mesmo assim continuou comendo? Isso tem relação com o seu cérebro.
  • Em todas as vezes quando era criança e foi confortada com algum doce para parar de chorar? Isso tem haver com a associação que o seu cérebro fez na infância: emoção e prazer/alívio através da comida.
  • Quantas vezes você fez dietas e mesmo assim, saiu dos trilhos, resultando em recaídas? É claro que isso também pode acontecer, mas também tem haver com o cérebro e suas cognições – processos relacionados ao pensamento disfuncional na alimentação.

Use o seu cérebro como aliado para emagrecer

O autoconhecimento e técnicas específicas irão te ajudar no emagrecimento: identificando o tipo de fome que você tem, os pensamentos sabotadores que impedem o seu emagrecimento, por que não é saudável emagrecer de forma rápida demais (questões endócrinas), autoestima, autoconfiança, se você tem psicopatologia associada a ser trabalhada entre outras questões associadas. Tudo isso, trabalhado na terapia cognitiva.

Se você quer uma orientação de ouro, segue essa que eu vou te dar: procure um profissional que tenha experiência na área e possa te ajudar a virar a chave que ainda não foi virada.

A terapia cognitivo comportamental há muitos anos é com toda a certeza uma grande aliada nesse processo de treinar o cérebro para pensar como uma pessoa magra. Não é atoa que tem até o livro: Pense magro da Judith Beck, filha do fundador da terapia que eu atuo até hoje com enormes resultados e com comprovação científica.

Para refletir?

E aí, seu cérebro hoje está sendo um aliado ou vilão? Fica a reflexão! Um grande abraço…

Gostou do artigo? Deixe um comentário!

2 comentários em “Seu cérebro: Vilão ou aliado no emagrecimento?”

Deixe seu comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s